Pesquisar

Se quiser, digite seu e-mail para receber atualizações deste blogue:

Se quiser, digite seu e-mail para receber atualizações:

segunda-feira, 2 de fevereiro de 2015

Obreiros da Vida Eterna - Crianças Espirituais

(trecho da história de Caetano, homem profundamente crente nos dogmas do catolicismo, dedicado à religião e ao bem. Na passagem a seguir, o espírito encontra-se recém-desencarnado, sob assistência fraterna, em uma instituição espiritual denominada "Casa Transitória de Fabiano". Em "Obreiros da Vida Eterna", de André Luiz/Chico Xavier)



O desencarnado ia despertando com extremo vagar, demorando-se longo tempo a reaposssar-se de si. Eram, todavia, impressionantes seus colóquios com o irmão Hipólito, nos quais crivava o ex-sacerdote de intempestivas interrogações. À medida que suas condições mentais melhoravam, apertava o cerco. Queria saber onde se localizavam o céu e o inferno; pedia notícias dos santos, pretendendo visitar aqueles a quem consagrava mais entranhada devoção; rogava explicações referentes ao limbo; reclamava o encontro com parentes que o haviam precedido no túmulo; solicitava elucidações sobre o valor dos sacramentos da Igreja Católica; comentava a natureza dos diversos dogmas, até que, certo dia, chegou ao despautério de perguntar se não lhe seria possível obter uma audiência com Deus, na Corte Celeste. Hipólito precisava mobilizar infinita boa-vontade para tratar com respeito e proveito tamanha boa-fé.

A irmã Zenóbia vinha frequentemente assistir ao curso dos surpreendentes diálogos e, de uma feita, quando nos achávamos juntos, a pequena distância do enfermo, comentou, risonha:

- Nossa antiga Igreja Romana, tão venerável pelas tradições de cultura e serviço ao progresso humano, é, de fato, na atualidade, grande especialista em "crianças espirituais"...


Nenhum comentário:

Postar um comentário