Pesquisar

Se quiser, digite seu e-mail para receber atualizações deste blogue:

Se quiser, digite seu e-mail para receber atualizações:

sábado, 29 de dezembro de 2012

O Evangelho Segundo o Espiritismo - Capítulo I - 10 - Não vim Destruir a Lei

10. Um dia, Deus, em sua inesgotável caridade, permitiu que o homem visse a verdade transpor as trevas. Esse dia foi o do advento do Cristo. Depois da luz viva, as trevas voltaram. Após alternativas de verdade e obscuridade, o mundo novamente se perdia. Então, semelhantes aos profetas do Antigo Testamento, os Espíritos se puseram a falar e a vos advertir. O mundo está abalado em seus alicerces: o trovão ribombará. Sede firmes!

O Espiritismo é de ordem divina, pois se assenta sobre as próprias leis da Natureza e, crede, tudo o que é de ordem divina tem um oobjetivo grande e útil. O vosso mundo se perdia: a Ciência, desenvolvida à custa do que é de ordem moral, mas conduzindo-vos ao bem estar material, revertia-se em proveito do Espírito das trevas. Como sabeis, cristãos, o coração e o amor devem marchar unidos à Ciência. O reino do Cristo, ah! passados dezoito séculos e apesar do sangue de tantos mártires, ainda não veio. Cristãos, voltai para o Mestre, que vos quer salvar. Tudo é fácil àquele que crê e ama: o amor o enche de inefável alegria. Sim, meus filhos, o mundo está abalado; os Espíritos bons já vô-lo disseram bastante. Curvai-vos ao sopro precursor que anuncia a tempestade, a fim de não serdes derrubados, isto é, preparai-vos e não vos assemelheis às virgens loucas, que foram apanhadas desprevenidas à chegada do esposo.

A revolução que se prepara é antes moral do que material. Os grandes Espíritos, mensageiros divinos, sopram a fé,  a fim de que todos vós, obreiros esclarecidos e ardorosos, façais ouvir a vossa humilde voz, pois sois o grão de areia; mas, sem grãos de areia não haveria montanhas. Assim, pois, que estas palavras - "Somos pequenos" - não tenham sentido para vós. A cada um a sua missão, a cada um o seu trabalho. A formiga não constrói o seu formigueiro e animáculos não elevam continentes? Começou a nova cruzada. Apóstolos da paz universal e não de uma guerra, modernos São Bernardos, olhai e marchai para frente; a lei dos mundos é a lei do progresso. - Fénelon (Poitiers, 1861.)

Nenhum comentário:

Postar um comentário