Pesquisar

Se quiser, digite seu e-mail para receber atualizações deste blogue:

Se quiser, digite seu e-mail para receber atualizações:

domingo, 3 de junho de 2012

Capítulo XIII - 20

Beneficiência Exclusiva

20. É lícito a beneficiência, quando praticada exclusivamente entre pessoas da mesma opinião, da mesma crença ou do mesmo partido?

Não, porque é justamente o espírito de seita e de partido que precisa ser abolido, visto que todos os homens são irmãos. O verdadeiro cristão vê somente irmãos em seus semelhantes e, antes de socorrer o necessitado, não procura saber qual a sua crença, ou a sua opinião, seja sobre o que for. Obedeceria ao preceito de Jesus Cristo, que prescreve que devemos amar até os inimigos, alguém que pepelisse um infeliz, por professar uma crença diferente da sua? Que o socorra, portanto, sem lhe pedir contas à consciência, porque, se for um inimigo da religião, esse será um meio de fazer com que ele a ame; repelindo-o faria que a odiasse. - São Luis (Paris, 1860.)

02/06/2012, 20:00 h., após oração.

Nenhum comentário:

Postar um comentário