Pesquisar

Se quiser, digite seu e-mail para receber atualizações deste blogue:

Se quiser, digite seu e-mail para receber atualizações:

quarta-feira, 10 de fevereiro de 2016

O Evangelho Segundo o Espíritismo - Capítulo XI - 11 - Amar ao Próximo como a Si Mesmo

O egoísmo



11. O egoísmo, esta chaga da Humanidade, deve desaparecer da Terra, porque impede o seu progresso moral. É ao Espiritismo que está reservada a tarefa de fazê-la elevar-se na hierarquia dos mundos. O egoísmo é, pois, o alvo para o qual todos os verdadeiros crentes devem apontar suas armas, suas forças, sua coragem. Digo: coragem, porque é preciso mais coragem para vencer a si mesmo, do que para vencer os outros. Que cada um, portanto, empregue todos os esforços a combatê-lo em si, certo de que esse monstro devorador de todas as inteligências, esse filho do orgulho é a fonte de todas as misérias terrenas. É a negação da caridade e, por conseguinte, o maior obstáculo à felicidade dos homens.

Jesus vos deu o exemplo de caridade e Pôncio Pilatos o do egoísmo; pois quando o Justo vai percorrer as santas estações do seu martírio, Pilatos lava as mãos dizendo: "Que me importa!" E diz aos judeus: "Este homem é justo; por que quereis crucificá-lo?" E, entretanto, deixa que o conduzam ao suplício.


É a esse antagonismo da caridade e do egoísmo, à invasão do coração humano por essa chaga moral que se deve atribuir o fato de não haver ainda o Cristianismo desempenhado por completo a sua missão. Cabe a vós, novos apóstolos da fé. que os Espíritos Superiores esclarecem, o encargo e o dever de extirpar esse mal, a fim de dar ao Cristianismo toda a sua força e desobstruir o caminhos dos obstáculos que lhe entravam a marcha. Expulsai o egoísmo da Terra, para que ela possa gravitar na escala dos mundos, porque já é tempo de a Humanidade envergar sua veste viril e, para isso, é preciso que primeiro o expulseis do vosso coração. - Emmanuel (1). [Paris, 1861]


==============================
Minhas Notas:

(1) Quando indagado se o "Emmanuel" que assina este capítulo era o seu mentor, o médium Francisco Cândido Xavier afirmou: "Creio que sim. Conservo para mim a certeza de que ele, Emmanuel, terá participado da equipe que colaborou na estrutura da codificação da Doutrina Espírita. A mensagem intitulada 'O Egoísmo', (…) em que se faz referência a Pilatos, é de autoria do nosso benfeitor espiritual, não tenho dúvidas a este respeito".

A afirmação acima foi realizada em entrevista dada a Fernando Worm, inserida na página 170 do livro "Lições de Sabedoria - Chico Xavier", nos 23 anos da "Folha Espírita", de Marlene Rossi Severino Nobre, editado pela "Folha Espírita" em 1997. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário