Pesquisar

Se quiser, digite seu e-mail para receber atualizações deste blogue:

Se quiser, digite seu e-mail para receber atualizações:

sexta-feira, 26 de setembro de 2014

Estêvão Defende-se, ante o Sinédrio

(Estêvão, respondendo à acusação de feitiçaria ante o Sinédrio, por haver praticada cura de uma mulher que emudecera havia um ano, em nome de Jesus. Do Livro "Paulo e Estêvão", de Emmanuel, psicografado por Chico Xavier)

- E, contudo, o judaísmo está cheio desses fatos que julgais não compreender. Em virtude de que sortilégio conseguiu Moisés fazer jorrar de uma rocha a fonte de água viva? Com que feitiçaria o povo eleito viu abrirem-se-lhe as ondas revoltas do mar para a necessária fuga do cativeiro? Com que talismã presumiu Josué atrasar a marcha do Sol? Não vedes, em tudo isso, os recursos da Providência Divina? De nós nada temos, e, todavia, no cumprimento do nosso dever, tudo devemos esperar da divina misericórdia.


Nenhum comentário:

Postar um comentário