Pesquisar

Se quiser, digite seu e-mail para receber atualizações deste blogue:

Se quiser, digite seu e-mail para receber atualizações:

quarta-feira, 18 de junho de 2014

Conflitos e Evolução

(Palavras do Irmão José, em reunião mediúnica no Sanatório Espírita de Uberaba - Em "Por Amor ao Ideal", de Inácio Ferreira)

"- O interesse se conflita com o desinteresse; o desejo se contrapõe à renúncia... Ter é a melhor forma de não possuir. Quanto mais se entrega, mais o homem se pertence... Tudo quanto carecemos de reivindicar não é nosso. Quem reclama excessivamente, não atende com generosidade. O egoísmo é a negação de Deus. A Criação Divina é um ato de Suprema Solidariedade. Quem não estende a mão, não encurta distâncias, porquanto não logra sair da órbita de si mesmo. O que aparenta, não é. A essência das coisas somente pode ser alcançada por aqueles que se preocupam com o essencial. Enquanto o homem não se despojar, ele não se sentirá pleno. Reflitamos novamente: "A árvore que produz maus frutos não é boa e a árvore que produz bons frutos não é má..." Não reparamos nas palavras de Jesus qualquer espécie de reprimenda à árvore que produz maus frutos e nem de louvor à que produz bons frutos... Cada uma delas se revela no estágio que lhe diz respeito - uma não é boa ainda e a outra não é má de todo, mas ambas estão fadadas ao Supremo Bem, de onde, originariamente, procedem. O espírito só se purificará completamente quando mergulhar no Oceano Divino... A fonte nasce cristalina, polui-se em seu percurso, todavia, quando, após longo trajeto, se precipita no mar, retorna à sua primitiva pureza. A água salgada como que se decanta de todas as impurezas remanescentes... Estamos em Deus, mas ainda não somos com Deus. Falta-nos conscientização permanente, estabilidade emocional e diretriz psicológica. O espírito, em certas incursões no corpo físico, avança significativamente; em outras, porém, permanece estacionado, sem maior aproveitamento da ensancha reencarnatória. Nem o cérebro humano se encontra presentemente apto para que o espírito logre maior êxito em suas experiências na carne - espírito e matéria travam milenar combate entre si; a matéria reclama o espírito e este, por sua vez, se debate em seus tentáculos, ansiando por libertação... "


Nenhum comentário:

Postar um comentário