Pesquisar

Se quiser, digite seu e-mail para receber atualizações deste blogue:

Se quiser, digite seu e-mail para receber atualizações:

domingo, 20 de abril de 2014

A Força da Bondade - Capítulo 14 - A Força do Bem - 02

(Palavras do espírito Lucius)

"Assim, leitor querido, jamais se esqueça de que todas as suas conquistas materiais o abandonarão um dia, para que você fique apenas com a essência do seu ser.

Não se iluda com seu poder que é, na ordem do Universo, menor que aquele que se exercitasse sobre os grãos de poeira depositados sobre um móvel.

Não se deixe levar por sua importância que, diante da realidade de Deus, é mais insignificante do que o poder que possuem os anelídeos no seio da terra que comem para transformá-la em adubo.

Não se permita perder-se pela beleza, nem pelos mecanismos mentirosos da sedução, pois o corpo é apenas um amontoado putrescível de podridão que ainda não apodreceu, mas que fenecerá, deixando o seu espírito desnudo.

Não se engane com as glórias e os sucessos do mundo. Eles são muito fugazes para merecerem a atenção e o culto grotesco que lhes temos dado nas contingências da vida. A morte surpreenderá a todos e nos reconduzirá à melhor noção do que somos em nosso íntimo.

Melhor nos prepararmos para ela, enquanto ela está se preparando para nós.

Não conseguiremos fugir desse encontro.


Nenhum comentário:

Postar um comentário